O Projeto Crescer recebeu nesta semana a visita de Paulo Soares, diretor da Vilage Marcas e Patentes. Ele se reuniu com a direção, equipe do Projeto Crescer e assessores para apresentar as etapas do processo de registro da marca do Projeto Crescer junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). “Já estamos na etapa final e certamente em breve teremos o deferimento e a garantia de proteção da marca do Projeto Crescer nas suas áreas de atividade”, informou Paulo Soares. Uma vez deferido o pedido, a proteção da marca se estenderá pelo período de dez anos.
O presidente da Casa do Bom Menino, Paulo Pennacchi, destacou a importância do apoio da Vilage. “A empresa, que já exerce a sua responsabilidade social apoiando outras entidades que atendem crianças e adolescentes, patrocinou integralmente os custos para registrar a marca do Projeto Crescer. Isso é importante para nós, que temos um trabalho cada vez mais conhecido em todo o Paraná e mesmo em outros estados”, assinala Pennacchi.
A Vilage iniciou suas atividades em 1986 em São José do Rio Preto. Hoje, possui escritórios próprios em todas as regiões do país, além de escritórios estrategicamente localizados nos Estados Unidos, China e Alemanha. A Vilage conta com uma equipe formada por mais de 100 profissionais, todos especializados em propriedade intelectual, capacitados e distribuídos em mais de 20 escritórios em todas as regiões do Brasil.